História

 Por Vilton Giglio 19/12/2012

Sempre percorri locais de São Paulo desde quando me conheci por gente, ora por um motivo ora por outro e nunca perdendo olhar de alguma visão, seja belo ou feio, engraçado, pitoresco, o paraíso, a pobreza, a miséria, os milionários, sempre com um envolvimento de pessoas, paisagens, datas e por aí vai ao longo dos anos.

Há alguns anos ia muito ao hoje “Cantinho do Céu”, sempre aos sábados, pois fazia companhia a um amigo na entrega de bicicletas, pois tinha loja. Nas suas entregas ia junto (eram muitas), achava aquele lugar mais um cantinho de inferno, um local que não tem saneamento básico, asfalto, luz, segurança, escolas, comércio, postos de saúde, barracos, ponto de desova de carros roubados à beira da Represa Billings; não poderia ter o nome de “Cantinho do Ceú”, passava pela minha cabeça, tinha sim gente trabalhadora, honesta; muitas eram chacinas, pois um local que não tem nada só pode dar nisso, mas que por algum motivo da vida invadiram ou compraram lotes naquele local e inclusive estão lá até hoje. É uma área de manancial, pois os moradores jogam o esgoto na Represa Billings.

Fica no extremo sul de São Paulo. Certa ocasião estávamos fazendo campanha política junto com o José Serra, era candidato a prefeito de Sampa, pois fui candidato a vereador por São Paulo. Ficamos assustados com o povo, pois era um reduto da oposição e assusta um pouco tamanha agressividade das pessoas, fiquei um pouco assustado, assim como no largo São José, onde tivemos que nos refugiar em uma loja de calçados próximo ao “Cantinho do Céu”, pareciam quadrilhas querendo nos agredir, tamanha violência.

Fiquei sabendo que haverá uma exposição de fotos “Future Planning for 90 cities Percent”, Bienal em Veneza, no mês de agosto, com muitas fotos do “Cantinho do Céu”. Hoje, existe até píer, parques, um local que um dia (na minha cabeça) era cantinho inferno, mas infelizmente “o não pertence a natureza desse local”, e o homem invadiu a mesma, pois é uma área de manancial puramente local das águas limpas e claras que um dia foi.

Será que existe foto do passado, daquela caixa d’água com algumas boas quantidades do líquido precioso da vida, que a Sabesp levava nos caminhões pipas, semanalmente? “Cantinho do Céu” será conhecido pelo mundo, pena que dessa forma, inclusive com fotos.

Mapa do Bairro

Cantinho do Céu
Cantinho do Céu
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s